Coluna | Viver Consciente
Willes S. Geaquinto
Psicoterapeuta Holístico, Consultor e Palestrante Motivacional, Escritor - Autor dos livros "Cidadania, O Direito de Ser Feliz” e Autoestima – Afetividade e Transformação Existencial

Interatividade: Os textos desta coluna expressam apenas a opinião do autor sobre os assuntos tratados, caso o leitor discorde de algum ponto ou, até mesmo, queira propor algum tema para futura reflexão, fique a vontade para comentar ou fazer a sua sugestão.

Site: www.viverconsciente.com.br
A Manifestação da autoestima
16/03/2018
A autoestima está presente em todos os momentos da nossa existência, onde estivermos a nossa autoestima estará em evidência, seja na família, no trabalho, na vida em sociedade, nos relacionamentos, etc. Manifestamos nossa autoestima de maneiras aparentemente simples, através do pensamento, palavras, gestos, expressão corporal, condutas variadas.

Sendo a autoestima um sentimento interior deve-se, então, prestar atenção ao modo como ela se exterioriza, pois, independentemente da nossa vontade, ela se mostra, seja de maneira saudável ou não. Portanto, ao buscarmos dar-lhe qualidade, devemos torná-la consciente observando como expressamos nossos pensamentos, sentimentos e ações em relação a nós mesmos e aos outros. 

Aquele que, por exemplo, possui a autoestima elevada demonstra o prazer de estar vivo corporalmente, na maneira que se expressa e se move, no modo tranquilo com que fala, direta e sinceramente, dos seus sucessos, ou de suas dificuldades e limites, encarando-os com realismo e serenidade. Também se sente confortável quando recebe ou dá elogios, quando demonstra afeto e consideração, estando sempre aberto a novas ideias, novas experiências e possibilidades para o aprimoramento da sua vida.

A autoestima saudável, no aspecto puramente físico, de acordo com Nathaniel Branden, apresenta as seguintes características: “Olhos atentos, brilhantes e vívidos; rosto relaxado (salvo se houver alguma doença), com colorido natural e bom tônus na pele; queixo naturalmente posicionado e alinhado com o resto do corpo; e maxilares relaxados. Ombros relaxados, porém eretos; mãos que tendem a ser soltas; braços que pendem com naturalidade ao longo do corpo; postura descontraída, ereta, bem equilibrada; caminhar que tende a ser decidido (sem ser agressivo nem desafiador)”. 

A manifestação da autoestima se dá, enfim, na prática diária de ações positivas. E para que sejamos bem sucedidos nesta tarefa maravilhosamente saudável, é importante não perder de vista que ela, a autoestima, está intimamente relacionada com racionalidade, realismo, autonomia, flexibilidade, intuição, criatividade, competência para enfrentar desafios, humildade para admitir e corrigir erros, benevolência e cooperação. 

Enfim, é importante estar atento às oportunidades de manifestar de maneira consciente, afirmativa e clara o conceito maior que temos a nosso próprio respeito, o sentimento de que fazemos a diferença em nossa própria vida.

 

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
04/03/2018 | Autovalorização
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)