Coluna | Fatos e Versões
Rodrigo Silva Fernandes
Advogado e articulista político do Jornal Gazeta de Varginha. Escreve todas as quartas e sextas.
Segurança Pública; O lixo atrás do lixo; Fígado de Ouro; Coragem para cobrar
13/09/2017

Segurança Pública

Chega à Coluna notícia de que o clima na Guarda Municipal continua tumultuado! A resistência ao comando da Guarda é dos mais aguerridos e congrega cada dia mais descontentes, inclusive fora da instituição! As perseguições aos descontentes continuam e já chegaram aos ouvidos do prefeito, que ainda finge de “bobo”, porém mais dia ou menos dia, vai precisar “tirar a sujeira que hoje é jogada debaixo do tapete”. O concurso da Guarda Municipal, a exemplo da compra de câmeras no passado, possui diversos “problemas de ordem moral” que podem ser provados com facilidade! Os vários cargos de confiança na instituição e sua distribuição é uma “caixa preta” e os guardas que ficam apenas no “conforto do ar-condicionado da área administrativa” contrasta com a insatisfação daqueles que fazem escalas noturnas ou trabalho de rua! Isso sem falar que o gasto com combustível na Guarda Municipal “curiosamente, é inversamente contrário a eficiência dos muitos veículos na rua”. Será que um dia a Guarda Municipal vai conseguir recuperar o prestígio e competência que teve no passado?

O lixo atrás do lixo

Depois que a Câmara Municipal de Varginha acobertou o mau comportamento ético de um de seus integrantes, que agrediu uma equipe de reportagem que trabalhava no lixão no Bairro Corcetti, a coluna conseguiu acesso a fotos tiradas no local que mostram parte dos problemas que possivelmente o vereador queria acobertar da imprensa. Nas imagens é possível ver que o trabalho de reciclagem não é realizado em sua plenitude como deveria, visto que muito material reciclado ainda é despejado irregularmente no Meio Ambiente. Além disso, existem animais como porcos e urubus no local o que mostra total falta de fiscalização, pois tais animais representam risco a saúde pública. Será que os porcos que ali se alimentam são depois sacrificados e servidos para consumo humano? Qual a contabilidade da suposta cooperativa? Seus associados estão realmente vendo o “retorno financeiro” de seu trabalho? Porque as autoridades ambientais não fiscalizam o local? Porque a Copasa, responsável pela recuperação daquela área não começou seu trabalho e nem foi notificada pela Prefeitura de Varginha ou autoridades ambientais para regularizar a situação?

Fígado de Ouro

O vereador Carlos Costa (PMDB) é das vozes mais conhecidas em Varginha em razão do aclamado Varginha Em Foco, programa de rádio que apresenta diariamente na Rádio Clube, e também um dos mais atuantes vereadores de Varginha. No quesito política o radialista caminha bem na cidade tendo sido o vereador campeão de votos, aumentando sua primeira votação quando foi eleito vereador em 2012 e reeleito em 2016! Carlos Costa embora aprecie uma cervejinha, não é de beber muito, todavia, “politicamente parece ter um dos melhores fígados da cidade”! O palpite está no fato de que nos primeiros anos em que iniciou como vereador, o radialista conviveu muito tempo no PTB, partido do prefeito Antônio Silva; depois o edil foi para o PMDB, onde está o secretário municipal de Administração, Luiz Fernando Alfredo.

Rota do Sabor Gourmet Edição 2017

Entre os dias 11 a 30 de setembro, as agendas dos apreciadores da gastronomia estarão lotadas. Isso porque nesse período acontece a Rota do Sabor Gourmet, evento que reúne famílias e amigos para desfrutar o melhor que a culinária sul mineira tem a oferecer, tudo isso com ótimos preços. Ao todo, 19 restaurantes e bares de cinco cidades do Sul de Minas vão participar do evento neste ano. São elas: Boa Esperança, Elói Mendes, Três Corações, Três Pontas e Varginha. Os estabelecimentos oferecem um desconto de 15% a 40% sobre o valor real de um combo específico.  O objetivo do evento é favorecer os negócios locais oferecendo visibilidade e dando a oportunidade à população de criar uma cultura gastronômica. O Rota do Sabor Gourmet é uma realização do SEHAV (Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação de Varginha) e WEspanha Comunicação Inteligente com patrocínio da Codemig.  O evento conta com o apoio da Gazeta de Varginha.

Imexível

Em tempos de crise financeira muitas empresas estão renegociando dívidas e contratos! Esse é um comportamento natural de todo empresário responsável! As famílias também fazem o mesmo! A economia exige que se gaste menos e a dona de casa renegocie seus gastos no supermercado! Algumas Prefeituras de Minas também tomaram esta iniciativa estão renegociando gastos com alugueis, diárias etc! A coluna chegou a sugerir tal medida responsável à Prefeitura de Varginha, contudo, pelo que se sabe alguns gastos deste governo são mesmo “imexíveis” como o caso do gordo gasto mensal do Boa Esporte que a Prefeitura de Varginha banca com recursos públicos! Será que o governo não vai cortar “na carne” também junto aos ricos? É mais fácil pedir sacrifícios aos servidores públicos e população carente que estão passando por dificuldades ou pedir aos cartolas do Boa Esportes para que revejam suas contas?

Base de Pimentel tem data para ruir

Na base de apoio do governador Fernando Pimentel, deputados estaduais de vários partidos contam as horas para romper com o petista. O movimento de saída ainda não ocorreu em função de algumas benesses como cargos e recursos assegurados pelo governador a esses deputados. Porém, com a aproximação do calendário eleitoral, a tendência é a de que as baixas passem a acontecer de forma aguda, reorganizando as forças partidárias no Estado e sinalizando as novas alianças que se formarão para as eleições de 2018. O próprio governador reconhece que o movimento é inevitável e já faz refaz as contas da sua base na Assembleia. A corrente ligada ao presidente do PMDB mineiro e vice-governador de Minas, Antônio Andrade, ao que parece, vai vencer a disputa interna e assegurar a candidatura própria.

Uso partidário da Rede Minas investigado

O Ministério Público Estadual (MPE) vai investigar o uso político-partidário da Rede Minas e da rádio Inconfidência pelo governo de Fernando Pimentel. A instauração de inquérito público civil atende a um pedido feito em abril do ano passado pelos deputados da oposição, Gustavo Valadares, líder da Minoria, João Leite e Sargento Rodrigues. Na época os parlamentares denunciaram que as estatais foram colocadas à disposição das manifestações contra o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, amiga e correligionária do governador.

Passagem passará de R$3,30 para R$3,70 a partir de 18 de setembro

O Prefeito Antônio Silva assinou Decreto autorizando revisão de tarifa do transporte coletivo urbano, que passará de R$3,30 para R$3,70 a partir de 18 de setembro. Em sua justificativa o prefeito lembrou que a tarifa atual, no valor de R$ 3,30 está em vigor desde 01/06/2016, e que que por força do contrato já deveria ter sido revisada em maio deste ano. Antônio Silva explicou ainda que para se chegar a este valor foram feitas reuniões e análises de planilha.

Em verdade o prefeito divulgou uma extensa nota para justificar a “mais esta facada no bolso do cidadão”! Contudo, neste caso, o aumento é contratual e passível de análise e aferimento de planilha de custos do serviço. Se bem que, em anos passados, “pouco se conferia o que a única empresa prestadora do serviço encaminha! A Prefeitura de Varginha se contentava com o conforto de apenas homologar o valor pedido”! Hoje a crise financeira e o desgaste político de aumentos assim, faz com que o Governo confira os números e pechinche no preço a ser pago, o que aliás, é obrigação de qualquer administração! Vale destacar que muitas “revoltas populares e políticas começaram com aumento de impostos em tarifas de transporte, o que impacta diretamente o trabalhador assalariado, que é quem mais sobre com estes reajustes”.

Passagem passará de R$3,30 para R$3,70 a partir de 18 de setembro – Parte 02

O que deve causar maior revolta na população não seria apenas os aumentos em cadeia neste momento em que se busca economia, mas sim a oferta de um serviço incompatível com o que se paga, a exemplo de cidades do sul do Brasil ou de outros países, onde os pontos de ônibus são modernos e confortáveis, não há grandes atrasos nas linhas, os veículos são novos, limpos e confortáveis, com ar-condicionado e as vezes com acesso a rede wi-fi. Coisas inimagináveis para o transporte público de Varginha. Além disso, é preciso que se veja as inúmeras gratuidades no transporte público da cidade, o que inclui estudantes, idosos etc. Este benefício vale a pena? Estas gratuidades são fiscalizadas? O trabalhador que precisa pagar por estes benefícios concorda com tal iniciativa? 

A questão é complexa, mas uma coisa é certa: A Prefeitura de Varginha não precisa ficar com medo de aumentar o preço da tarifa de ônibus, precisa sim, é ficar com vergonha de não cobrar da empresa as melhorias que o povo espera!! Afinal, não temos elevadores para deficientes em todos os veículos, não temos ar condicionado em nenhum ônibus, mesmo os novos que dizem ter sido adquiridos agora, não temos em todos os pontos o conforto e a modernidade para saber o tempo de espera de cada veículo, nem mesmo temos a certeza de segurança e conforto quando dentro dos ônibus uma vez que tem sido comuns assaltos a coletivos e inúmeros buracos pelas ruas! Será que a Prefeitura de Varginha tem uma nota que explica estas deficiências?

Coragem para cobrar

A relação do governo municipal de Antônio Silva (PTB) e do governo estadual de Fernando Pimentel (PT) nunca foi amistosa, e agora caminha para um estágio ainda pior! O problema de inadimplência do Governo Estadual petista junto a compromisso assumidos perante a Prefeitura de Varginha já chega próximo de R$ 4 milhões de reais e compromete o andamento de serviços e obras na cidade. O caso que se mostra político e não financeiro, visto que o governo estadual não tem a mesma dívida com prefeituras aliadas, prova que deputados estaduais Dilzon Melo (PTB) e Geisa Teixeira (PT) estão fracos nas articulações para resolver este importante problema.

Apenas referente a UPA, o governo estadual deve cerca de um milhão de reais a Prefeitura de Varginha! O deputado Dilzon Melo já encaminhou ofício ao secretário estadual de saúde cobrando o pagamento das dívidas, contudo, o impasse não parece ter solução! Por se tratar de um problema político e não financeiro, visto que o governo Pimentel tem gastado recursos em outras áreas, é público e notório que o secretário estadual de Governo, Odair Cunha e a deputada Geisa Teixeira, poderiam e precisam entrar nesta briga a favor do pagamento dos débitos do Estado junto a Prefeitura! Não parece justo o secretário estadual de Governo Odair Cunha e petistas da cidade vangloriar-se por conseguir R$ 2 milhões ao Hospital Regional enquanto o mesmo Governo Estadual dá um calote próximo de R$ 4 milhões nas finanças da Prefeitura de Varginha! O caso precisa ser tratado com a seriedade que merece e a perseguição política a cidade precisa acabar! Do contrário, dificilmente o PT voltará a ter votos na cidade!

Perguntar não ofende

Qual o destino político de Natal Cadorini e seu PDT na cidade? Será que o apoio de Cadorini e os milhares de votos que conseguiu na eleição passada serão canalizados para algum outro candidato a deputado? Quem seria o escolhido?

O PT Varginha vai lançar Rogério Bueno ou Geisa Teixeira para deputado estadual? Sem a reeleição de Odair Cunha, seria possível uma dobradinha Geisa e Rogério para estadual e federal? Quais as vantagens da vitória de tal dobradinha para Varginha?

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)