Coluna | Fatos e Versões
Rodrigo Silva Fernandes
Advogado e articulista político do Jornal Gazeta de Varginha. Escreve todas as quartas e sextas.
Saco de bondades, com nosso dinheiro; Dória paraguaio; Pescando sem compromisso; Expocafé
17/05/2017

Rico, famoso e cobiçado

O Conselho Federal de Contabilidade realiza anualmente o seu Exame de Suficiência, avaliando os candidatos em diversas questões envolvendo segmentos teóricos da Contabilidade, com o objetivo de estimular o aperfeiçoamento do contador na execução de seu trabalho. A primeira edição de 2017 do Exame foi realizada no dia 26 de março, e a Cidade Universitária foi mais uma vez sede da prova. Os alunos do Centro Universitário do Sul de Minas atingiram resultados bastante significativos, ultrapassando a média de aprovação nacional e colocando o Grupo Unis como a Instituição com maior média de aprovação na região do Sul de Minas. Não é a primeira vez que o UNIS se destaca na aprovação junto a entidades profissionais e de ensino. Na verdade, sob a batuta do reitor Stefano Gazzola, o UNIS tem se aperfeiçoado e ganhado corpo como uma potência do mundo universitário. Todavia, o que parece ser uma dádiva educacional e econômica, é também um poço de vaidades e desejos. Não é mistério que hoje, “a cadeira de reitor do UNIS é tão ou mais cobiçada que a cadeira de prefeito de Varginha ou deputado, visto que tem as benesses financeiras e bajulatórias sem os desgastes pessoais, fiscalização e entraves da lei”.

Saco de bondades, com nosso dinheiro

O governo do Estado começou a liberar na semana passada uma cota de R$ 60 milhões em emendas parlamentares para os deputados estaduais de Minas Gerais. No total, a pendência relativa a 2016 seria de R$ 115 milhões. Este será um primeiro aceno. A sinalização acontece pouco mais de uma semana antes de uma das principais propostas do governo, a dos fundos imobiliários, chegar ao plenário da Assembleia Legislativa de Minas. O governo aposta no projeto para levantar entre R$ 4 bilhões e R$ 5 bilhões no mercado com a venda de cotas de um fundo. Entre as propostas está vender a cidade administrativa construída nas gestões tucanas. Atualmente, a oposição obstrui a pauta e a base anda sem muito estímulo para fazer frente ao teste de paciência em função do atraso dos pagamentos das emendas. Por ano, cada gabinete tem direito a R$ 3 milhões, sendo que metade tem que ser aplicada em saúde. Percebam que Varginha “possui dois deputados estaduais”, sendo Geisa Teixeira (PT) e Dilzon Melo (PTB), qual será destinação dos recursos das emendas destes parlamentares? Será que os buracos nas ruas de Varginha ou as dificuldades dos hospitais Regional e Bom Pastor, a falta de estrutura da Segurança Pública municipal serão alvo de tais emendas?

Perguntar não ofende

A Lei de Acesso a Informação é cumprida em Varginha? É possível saber quem são os nomeados em cargos de confiança na Prefeitura e na Câmara de Varginha? É possível saber quanto ganham estes servidores públicos? O MP esta atendo a esta lei?

As campanhas de vacinação contra gripe, bem como a campanha contra a Dengue, realizadas pela Prefeitura de Varginha, possuem a eficiência que se precisa? Como anda a interlocução da Prefeitura de Varginha com a sociedade?

Será que o “clima de lua de mel” entre o presidente da Fundação Cultural e os produtores artísticos vai durar toda a administração? Leandro Acayaba vai terminar sua gestão na Fundação Cultural sem realizar seu maior sonho: dar solução ao caso Cine Rio Branco?

Depois dos incidentes envolvendo o “mau uso da concha acústica” onde ocorreram brigas recentes, será que houve regulamentação quanto a utilização daquele espaço? Existe programação para utilização constante da Concha Acústica?

Qual a avaliação da utilização da mão de obra de detentos em serviços de limpeza prestados à Prefeitura de Varginha? Quanto o município economizou com tal medida? Esta mão de obra poderia ser estendida a outras funções?

Dória paraguaio

Depois que o empresário e prefeito de São Paulo, João Dória Junior se vestiu de gari para dar uma ar de “simplicidade e trabalho” à sua imagem, tem sido comum vários políticos pelo Brasil tentarem associar sua imagem a figura trabalhadora e simples dos garis. Em Varginha onde 45 garis fazem o importante trabalho de recolhimento do lixo municipal, a Prefeitura de Varginha organizou um dia de comemorações pelo Dia do Gari, comemorado ontem, 16/05. O Executivo municipal preparou três lanches que foram servidos aos garis no início de cada turno de serviço da categoria. Logo no primeiro turno às 6 horas, o vice-prefeito Vérdi Melo (PSDB) (que é candidatíssimo a prefeito em 2020) foi tomar café da manhã com os garis de Varginha, cumprimentando efusivamente cada um deles. A cena clichê revela o quanto o modus operandi do mundo político não mudou e como artimanhas marqueteiras ainda são usadas para tentar dar ibope aos políticos. Não custa dizer que, a exemplo de Dória, que é do mesmo partido de Vérdi Melo, a visita dos políticos aos garis foi amplamente divulgada na imprensa e nas mídias digitais de apoio político de cada um dos tucanos. E não duvidem que fotos dos tucanos junto aos esforçados trabalhadores poderá ser divulgada nos períodos eleitorais. Na verdade seria preciso dizer que toda a disposição, trabalho e imagem simples dos garis “não pega pelo contato físico esporádico”!

Pescando sem compromisso

A eleição de 2018 que se aproxima trás uma grande oportunidade aos vereadores de Varginha, principalmente aqueles ligados a áreas específicas como saúde, segurança etc, bem como aqueles com maior experiência legislativa e ligados a deputados estaduais e federais. Acontece que neste ano haverá intensa liberação de recursos via emendas parlamentares de deputados. 

Não é mistério que Varginha é ligada politicamente a vários deputados e como temos acompanhado, deputados como o federal Dimas Fabiano (PP) tem conseguido regular liberação de recursos para Varginha bem como abertura política para incluir Varginha em projetos federais que podem beneficiar a cidade. À exemplo disso, vemos também que a deputada estadual Geisa Teixeira (PT) também tem conseguido para Varginha a aquisição de veículos para órgão públicos estaduais, como Bombeiros, IEF etc.

Na verdade, esta parceria entre deputados e vereadores é uma boa maneira de conseguir investimentos na cidade. Daí a importância de que os vereadores tenham “vontade política de caçar oportunidade e apoios em âmbito estadual e federal”, o que costuma ser comum em vereadores de primeiro mandato, como é o caso de muitos na Câmara de Varginha. Ou também comum em vereadores que já possuem abertura política com deputados da região, como os casos citados de Dimas Fabiano e Geisa Teixeira. Ocorre que muitos outros parlamentares estão rondando a cidade em busca de um “vereador para adotar”, o que pode render novas oportunidades de investimento na cidade, bem como novas alianças políticas. 

Para os que estão nos bastidores do poder no Legislativo e Executivo municipal, tem visto que Varginha tem sido alvo de pequenas emendas de deputados das mais varias regiões e dos mais diversos segmentos. Seria o início de uma pulverização dos votos locais nas eleições de 2018? Será que nas eleições de 2018 teremos, novamente, a pulverização de votos locais em parlamentares sem qualquer identificação com o município?

Expocafé

A Expocafé 2017 começa hoje, quarta-feira (17) no Campo Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais em Três Pontas e a perspectiva de público e negócios é positiva. A perspectiva do volume de público e negócios semelhante a da última edição, que foi de 20 mil participantes e cerca de R$ 200 milhões em negócios prospectados, com tendência de aumento. Aproximadamente 30 novas empresas vão expor nesta que é a 20ª edição da Expocafé. Ao todo serão mais de 150 expositores distribuídos em mais de 200 estandes. Houve um aumento na área de ocupação da feira. Em 2016 a área era de cerca de 12 mil m2 e este ano ocupamos uma área superior a 14 mil m2”. Cafeicultores poderão conhecer desde novas variedades de cafés adequadas às características regionais, além de equipamentos para plantio, colheita, pós-colheita, torra e embalagens. A Expocafé será realizada de 17 a 19 de maio, de 8h às 18h. A entrada é gratuita e o credenciamento pode ser feito no local. Sem dúvida a cadeia do café precisa ser melhor explorada em Varginha, a exemplo do que faz a cidade de Três Pontas, que mesmo sem ter a mesma estrutura, sedia eventos como a Expocafé. Certamente que o evento, já tradicional na cafeicultura brasileira, será uma oportunidade de negócios ao município, gerando renda e empregos.

O não planejamento do Trânsito

O planejamento do trânsito da cidade é constantemente alvo de indicações no plenário da Câmara de Varginha, bem como discutido no Departamento Municipal de Trânsito – Demutran. Todavia, modernizações profundas e planejamento de longo prazo, que é realmente o que interessa na cidade dificilmente acontecem e custam a saírem do papel. Vejam que vias já com intenso fluxo de veículos como parte da Avenida Jose Justiniano dos Reis e Avenida dos Imigrantes, que já precisavam ser mão única ainda padecem de atenção da Prefeitura de Varginha.

Ações paliativas como melhoria na iluminação e subtração de vagas de estacionamento não resolvem o problema. Vejam ainda que constantemente se ouve falar que tais avenidas, bem como várias outras, poderiam ser transformadas em mão única, como aliás já sabem os técnicos do trânsito, todavia, nada é realizado e a demora nestas ações e planejamento vão tornando a medida cada dia mais emergencial e onerosa aos cofres públicos.

A impressão que se tem é que o Departamento de Trânsito da cidade é medroso, não quer “ferir interesses políticos de algum empresário ou vereador, ou político ligado a administração”. Assim, vai postergando medidas que precisavam ser tomadas pra ontem! Será que vamos chegar num momento em que o trânsito local, bem como todo o planejamento da cidade será executado pensando apenas no bem da cidade e no melhor futuro para o desenvolvimento? Ou teremos técnicos com “medo de chatear os poderosos” durante toda a vida?  

DEER/MG, mais velho e poderoso

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) completou 71 anos. A data foi marcada pela integração com a área de edificações de Minas Gerais, dando origem a um órgão de engenharia de obras públicas maior, mais completo. Desde a sua fundação, em 04 de maio de 1946, o DEER/MG é referência nacional nas atividades que envolvem o rodoviarismo, tendo em vista o tamanho e complexidade da malha viária de Minas. Agora, com a integração, surge um novo desafio: potencializar a engenharia de edificações no Estado. Com a nova estrutura, o DEER/MG passa a planejar, projetar, coordenar e executar obras de engenharia de interesse da administração pública, nas áreas de rodovias e de edificações.

Presente em todos os 17 territórios de desenvolvimento do Estado, o DEER/MG conta com um corpo técnico qualificado, composto por 1527 servidores, distribuídos em 17 Coordenadorias (Varginha sedia uma coordenadoria) e 23 Regionais, além de uma sede administrativa em Belo Horizonte, que desenvolve um trabalho conjunto e de cooperação. A nova estrutura do DEER concentrou o poder de obras e político dos coordenadores, no caso de Varginha, o coordenador é o experiente engenheiro Raimundo Zaiden, ligado umbilicalmente ao PT, e bastante conhecido da política local. Zaiden escolheu a dedo o cargo que gostaria de ocupar nesta gestão petista estadual. No DEER, Zaiden esta em contato direto com empreiteiras e prefeituras da região, ou seja, figuras importante para qualquer governo estadual, ainda mais um que busca uma difícil reeleição.

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)