Coluna | Fatos e Versões
Rodrigo Silva Fernandes
Advogado e articulista político do Jornal Gazeta de Varginha. Escreve todas as quartas e sextas.
Gasto útil?; Opinião popular; A paz que interessa a todos; Estrutura
12/05/2017

Mais desapego, Menos vereadores

A Câmara Municipal de Timóteo, na região do Vale do Aço, instaurou uma comissão especial para estudar a proposta que pretende reduzir de 15 para 13 o número de vereadores do município. Na proposta de emenda, assinada por cinco parlamentares, eles argumentam que “é possível exercer todas as funções próprias do Legislativo com uma estrutura mais enxuta, que em nada comprometerá a representação popular”. Ainda de acordo com o texto, a redução de dois vereadores significa uma economia anual de quase R$ 350 mil, que chega à cifra de R$ 1,4 milhão ao longo de quatro anos. Se a matéria receber parecer favorável no colegiado, o texto segue para ser apreciado em plenário, no qual vai precisar do aval de dez dos 15 vereadores, em dois turnos, para se tornar lei. A proposta passaria a valer para as eleições de 2020. Vale ressaltar que a cidade de Timóteo possui tamanho e estrutura semelhante à Varginha, e que os gastos da Câmara de Varginha vem crescendo ano a ano, o que ensejaria os vereadores de nossa cidade estudarem medidas de redução de custos, como a redução de vereadores, por exemplo, como faz a cidade de Timóteo. Será que os edis da cidade conseguiriam “desapegar de duas vagas” pelo bem das finanças públicas municipais? 

Gasto útil?

A Prefeitura de Três Corações empenhou R$ 50 mil para pagar a banda de pagode “Negritude Junior” que se apresentou no município no dia 1º de maio, em comemoração ao Dia do Trabalho. Será que neste tempo de pouco recurso para investimentos em saúde e educação, o trabalhador de Três Corações não ficaria melhor atendido se os R$ 50 mil fossem gastos em cursos de qualificação profissional aos muitos desempregados do município? 

Opinião popular

A população da Grande BH, ouvida em pesquisa recente, formou opinião contrária em algumas questões. Segundo a Multidados, que realizou a pesquisa, a maioria rejeita: as reformas de Temer, venda da Cidade Administrativa, privatização da Cemig, imunidade parlamentar, lista fechada de candidatos, greves de professores, horário de verão e, vejam só, as torcidas organizadas do Cruzeiro e do Atlético, cuja extinção é apoiada por nada menos que 67% dos entrevistados. Certamente que existem algumas similaridades com a população de Varginha, que também não vê com bons olhos as reformas no Congresso e a inércia do governo estadual, bem como a imunidade parlamentar. 

A paz que interessa a todos

Em meio às mudanças na conjuntura e nas relações políticas no Estado, eis que surgem rumores sobre articulações para reaproximar o vice-governador Antônio Andrade tanto do governador Fernando Pimentel, com quem está rompido, como de Adalclever Lopes, presidente da ALMG, com quem disputa o controle do PMDB. Pessoas com trânsito em todos os lados do triângulo tomaram a iniciativa de fazer as pontes.

As relações já começaram a mudar antes da decisão do STF. Cientes de que o aval cairia, secretários petistas passaram a defender uma poda no espaço no governo do presidente da ALMG, Adalclever Lopes (PMDB), que ficou superpoderoso com as ameaças judiciais a Pimentel. Nas últimas semanas, o secretário da articulação política, Odair Cunha, chegou a trombar com o chefe do Legislativo. A parceria entre Pimentel e Adalclever ou entre PT e PMDB deve continuar firme, mas em novo formato, a se ver depois. 

As conversas de paz ainda são incipientes, mas promissoras. Andrade só teve perdas e isolamento depois que se afastou do governo para se aliar à oposição tucana. De sua parte, Pimentel nunca pretendeu brigar com o vice. E Adalclever já sabe que não poderá tirar Andrade da presidência do PMDB este ano, como queria, pois as eleições no partido deverão ser adiadas pela cúpula nacional. Hoje, o entendimento interessa a todos. 

Estrutura

Na manhã desta quarta-feira (10), a cerimônia de entrega das chaves das casas do Conjunto Habitacional Novo Tempo aos proprietários foi das mais prestigiadas por autoridades do Executivo e Legislativo municipal. As obras são fruto de recursos federais, todavia, é preciso destacar a capacidade da área técnica da Prefeitura de Varginha que sem maiores problemas conduziu toda a questão burocrática para licitar as obras, fiscalizar o serviço e prontamente entregar o conjunto habitacional. 

Também vale destacar que o conjunto habitacional, composto por 573 residências, também tem uma creche, uma unidade do Centro de Referência de Assistência Social – Cras, academia de rua e Unidade Básica de Saúde. A construção destas estruturas anexas ao conjunto habitacional, muitas delas também com recursos federais, mostra que o Governo Federal realmente possuiu recursos e mecanismos de investir nas cidades que possuem organização e estão em dia com suas obrigações. 

Da mesma forma, a Prefeitura de Varginha, ao construir um conjunto habitacional com ampla estrutura de apoio à comunidade que alí vai morar, demonstra planejamento e cuidado com o cidadão! A Prefeitura também antecipou a necessidade dos moradores do residencial Novo Tempo, e já definiu inclusive o itinerário dos ônibus coletivos urbanos da Autotrans. Os ônibus vão passar em quatro ruas do novo bairro, a Rua Seis terá três pontos, Rua Nove um ponto perto da Creche, Rua Um (dois pontos) e na Rua Oito também dois pontos sendo que a saída será sentido ao bairro Cruzeiro do Sul.

A coluna parabeniza as famílias carentes que receberam as casas, bem como todas as autoridades envolvidas na conquista. 

Perguntar não ofende

Quantos dos presos que cumprem pena na cadeia de Varginha estão trabalhando e tendo remição de pena? Qual o impacto desta medida na redução da reincidência criminal? Qual a economia do município quando contrata presos pra serviços de capina e limpeza? 

Qual o índice de satisfação dos advogados mineiros com a OAB/MG? Porque o secretário geral da OAB/MG, Gustavo Chalfun, é dos poucos a se destacar nesta gestão da Ordem? Quais surpresas as próximas eleições da OAB/MG reservam para Varginha e região? 

Será que o acordo entre vereadores e Executivo de Varginha para a eleição do comando do Legislativo “subiu no telhado”, novamente? Será que o governo municipal vai conseguir eleger um aliado no comando da Câmara em 2018 e 2019 e 2020? 

As autoridades do setor agrícola/cafeeiro de Varginha vão aproveitar a realização da Expocafé em Três Pontas para trazer ou realizar algo em prol da cadeia cafeeira em Varginha? O que teremos de novidade em Varginha na área do Café? 

População volta a frequentar o Zoológico de Varginha

Em homenagem ao Dia das Mães, no sábado, dia 13 de maio, a partir das 15h, o Zoológico de Varginha fará mais um evento infantil, com a participação de vários personagens e artistas da escola de Circo Beto Carreiro. No período da manhã, até 13h, o valor da visitação será normal, R$4,00. A partir de 13h o valor será de R$ 10,00 para visitação e show infantil incluso. Não é a primeira vez que são promovidas atrações para a comunidade no zoológico de Varginha. Aliás, o espaço que foi resgatado do ostracismo há pouco tempo, tem realizado eventos, muitos deles gratuitos, o que tem trazido novamente a interação da sociedade com crescente visitas ao local. 

MP investiga contratações na Cemig

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) vai investigar contratações de funcionários que integram os quadros do Grupo Cemig e ocupam altos cargos por indicação de padrinhos políticos ligados à atual gestão do governo estadual (PT). Os alvos são parentes, amigos e políticos não eleitos que ocupam hoje funções importantes dentro da companhia, nas subsidiárias ou nas empresas terceirizadas, com salários que variam de R$ 10 mil a R$ 35 mil. Considerada uma das maiores e mais bem-sucedidas estatais do país, a Cemig tem servido, há anos, como local estratégico para abrigar aliados dos partidos governistas em funções ad nutum, ou seja, cargos de livre nomeação e exoneração, assim como os comissionados. 

Tucanando

Decidido a não sair candidato a governador em 2018, o senador Antônio Anastasia (PSDB) está botando fogo na pré-campanha de outro nome para substituí-lo na disputa do governo: Dinis Pinheiro, ex-presidente da ALMG, que deseja o posto e já trabalha para isso. Segundo amigos, o senador é hoje o maior incentivador da candidatura do ex-deputado. Dinis Pinheiro tem proximidade com os deputados de Varginha Dilzon Melo (PTB) e Dimas Fabiano (PP). 

Embaraços

O governador Fernando Pimentel (PT) cancelou a viagem que faria nesta quinta-feira (10) a Viçosa, na Zona da Mata, para mais um fórum regional do governo, eventos que Pimentel tem procurado participar para melhorar sua imagem no interior, principalmente junto aos prefeitos e lideranças municipais puxadores de votos. Também houve mudança no encontro marcado para 19/7 no Sul de Minas: o evento previsto para Três Corações foi transferido para Alfenas. Não é mistério que os encontros estaduais normalmente aconteciam em Varginha, Pouso Alegre ou Poços de Caldas, contudo, a oposição ao PT e Pimentel se mostra tão grande nestas cidades que o governo estadual petista tem escolhido a dedo a sede dos Fóruns a fim de evitar que o governador enfrente vaias e protestos pelo interior. 

Atuação parlamentar

O Deputado Federal Dimas Fabiano, recebeu no dia 9 de maio, em seu gabinete em Brasília, o vereador de Varginha, Zacarias Piva. O deputado intermediou uma audiência do vereador com o Secretário Especial do Ministro do Meio Ambiente, Belarmino Borgneth. A reunião aconteceu no Gabinete do Ministro e foi concedida, considerando o interesse dos parlamentares de buscar recursos para a promoção e revitalização do Parque São Francisco, em Varginha, e considerado um dos maiores Parques Urbanos do Brasil.

Na oportunidade, além da entrega do Projeto de Revitalização do Parque, foi protocolado, ainda, requerimento ao Ministério a fim de que seja verificada a possibilidade de auxílio ao Projeto. Após o término da audiência, ficou acertado que existe a possibilidade e que provavelmente os recursos virão através de compensação ambiental, sob gestão do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), autarquia federal em regime especial vinculada ao Ministério visitado. O deputado Dimas Fabiano afirma que este apelo é o primeiro passo de uma longa jornada de muito trabalho e acredita que a expectativa é de um resultado positivo para o Parque do município de Varginha. 

Raio X do funcionalismo

40% dos servidores públicos estaduais de Minas Gerais recebem entre dois e quatro salários mínimos, segundo o Portal da Transparência do governo. Essa faixa salarial é a que tem mais servidores: são 140.896 funcionários ganhando entre R$ 1.874 e R$ 3.748.

Comente!

 
Últimos artigos deste colunista
« ver todos
 
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Colunistas

Página Principal | Notícias | Entretenimento | Guia Comercial | Guia de Bares e Restaurantes | Guia de Hospedagem
SIGA O VARGINHA ONLINE Curta a Página do VOL no Facebook Siga o VOL no Twitter Fale conosco
Quem Somos | Entre em Contato | Cadastre sua Empresa | Cadastre seu Evento | Central do Usuário | Anuncie no Varginha Online

Todos os direitos reservados 2000 - 2014 - Varginha Online - IPHosting- Hospedagem de Sites (Parceiro Varginha Online)